Testes para diagnóstico do Coronavírus (Covid-19) Já são oferecidos por laboratórios brasileiros

Publicado em em

Testes para diagnóstico do Coronavírus (Covid-19) Já são oferecidos por laboratórios brasileiros

A doença recebeu o primeiro diagnóstico detectado a partir do Hospital Albert Einstein e confirmado no Instituto Adolfo Lutz, Laboratório de referência nacional nestes casos

“Exames Laboratoriais são necessários para confirmar o diagnóstico da COVID-19 e fundamentais para as medidas rápidas de contingência que os protocolos da vigilância epidemiológica do Ministério da Saúde exigem”, afirma Sandro Januário, professor mestre e coordenador das Pós-graduação em Farmácia Clínica e Farmácia Hospitalar em Oncologia do IPESSP (Instituto de Pesquisa, Educação em Saúde de SP).

“As medidas visam evitar novos casos a partir do paciente com a infecção, visto que o contágio pode ocorrer por secreções oro-nasais ou oro-faringeana expelida no espirro ou na tosse que são sintomas comuns”, acrescenta Januário, também Doutorando em pesquisas na área de Vigilância em Saúde pública do Instituto Adolfo Lutz.

O teste confirmatório baseia-se no método RT-qPCR (Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real). “Esta técnica é capaz de detectar uma determinada sequência genética específica do vírus causador da COVID-19”, comenta Claudia Huerta, professora, mestre, especialista em Biologia Molecular e coordenadora do curso de Capacitação de PCR em Tempo Real do IPESSP.

A doença foi detectada pela primeira vez na China, em dezembro de 2019, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em pacientes que apresentavam casos de pneumonia de origem desconhecida em Wuhan, na província de Hubei.

Os pesquisadores chineses identificaram o novo Coronavírus que surgiu de uma grande família de vírus que podem infectar pessoas e animais. A infecção por Coronavírus pode conduzir a um resfriado simples, relacionado a doenças graves ou que pode levar à morte.

 

Quem precisa realizar o teste

O paciente deve ter os seguintes sintomas conjugados ou situações:

Febre;

Tosse ou dificuldade para respirar;

História de viagem para área com transmissão local como China, Coréia do Sul, Itália, entre outros 16 países

Ou contato próximo com caso suspeito ou confirmado, nos 14 dias que antecedem o início dos sintomas.

Compartilhe